domingo, 5 de junho de 2016

CID F33.9 ou... Transtorno depressivo...


Olá, pessoal!

     Como andam? Ia falar que estava meio sumida, mas como antes eu estava bem mais, estou semi-sumida, vai...

     O motivo pelo qual eu andava desaparecida eu meio que expliquei no outro post sobre depressão, mas parece que muitas pessoas não conseguem entender o que essa doença (simmm, é uma doença!) faz... Então, resolvi fazer (mais um!) manual. Acho que os seres humanos gostam de manuais, apesar de saber que ninguém os segue na maioria das vezes, ter aqueles passos a seguir parece dar uma sensação de “se eu fizer isso, tudo vai dar certo...” Enfim...


     Mas como eu quero ajudar você a me ajudar, segue o:
 "Manual do que não dizer/pensar para uma pessoa com depressão":

- “Nossa, mas você está tão bem!” – você não imagina a que custo eu tento demonstrar isso. 

- “Ahhh, pelo menos você emagreceu” – que delícia, né? Passar um dia inteiro e só conseguir comer forçado um pedaço de torrada realmente é o que chamo de “orgia gourmet”. Acho que existem formas mais saudáveis de se emagrecer... Ter depressão e ser por hiporexia (dá um Google...) não é uma delas.

- “Ué, mas te vi rindo...” – Depressão não quer dizer que você tenha que estar chorando o tempo todo. Por sinal, eu que era uma chorona nata, diminuí até minha capacidade de me debulhar em lágrimas. A vida ficou cinza. Simples. E triste...

- “Mas você tem um namorado ótimo, uma família feliz, onde morar, trabalho, amigos...” – Depressão também não diz respeito ao que conquistamos/temos na vida. Nem é culpa de ninguém. Aconteceu. E não foi porque me decepcionei com nada.

- “Dá a volta por cima, vamos, sai de casa, vai passear!” – esse eu sei que é na melhor das boas intenções, mas tem vezes que simplesmente não dá. Não é simples assim sair de casa. Ouvi isso uma vez e repito aqui: você insiste para alguém com sinusite andar de bicicleta? Depressão também tem seus dias de pico... Tem dias que simplesmente não dá. Mas obrigada por tentar...:) Uma hora vai...

- “Depressão? Seeei, te vi viajando e tudo...” – da mesma série “só eu sei a que custo foi...”
E vocês sabem o “mundo do faz de conta do Facebook”? Também faço parte...

- Por falar em Facebook – “Mas vi fotos em que você estava ótima lá”  - quer que poste as fotos do momento fossa-mater-blaster-ultra-high-power-mega?? Posso postar. Mas quero ver quantas curtidas vai ter...:)
 
- “Se está tão mal assim, como ainda trabalha?” – reduzi a carga horária. Para cada hora em que vou trabalhar, parece que trabalho 24hs. Assim, consigo continuar e seguir sobrevivendo. Aprendi (mais uma vez!) que precisamos nos respeitar, saber nossos limites.

- “Ahhh, mas tudo que você está falando, eu também sinto” – Que droga. Caso você realmente esteja sentindo isso, também procure um Psiquiatra. Ele vai te ajudar como tem me ajudado. 

Viram? Já até consigo escrever aqui...:)

     Bem, pessoal. Podem achar que me exponho muito falando sobre ter depressão. Mas falavam a mesma coisa quando eu tive o câncer e escrevia aqui. Hoje, o blog deu frutos, me rendeu ter grandes amizades e gerou algo que é ainda maior que ele, o grupo Meninas de Peito, no Facebook (o mesmo onde todos são felizes...hehe). Somos mais de 3700 meninas que se ajudam mutuamente e volta e meia ainda se encontram ao vivo para festejar a vida. Então, que esse post sobre depressão ajude não só a mim (adoooorooo desabafar escrevendo), mas a pelo menos mais uma pessoa que não estava sabendo como por para fora as respostas que estavam na ponta da língua, mas que a “falta de força” não deixava sair. Já vai ter valido a pena.



Que isso passe logo.
Beijos e obrigada pela força que todos têm me dado.


E teve post mimimi/rancoroso sim... E se acharem ruim, crio o Meninas da Serotonina. 

10 comentários:

  1. Deve ser difícil lidar com isso tudo... Muitas emoções juntas!
    Desejo que se torne mais leve, mais simples!
    E viva la vida!!!

    ResponderExcluir
  2. Deve ser difícil lidar com isso tudo... Muitas emoções juntas!
    Desejo que se torne mais leve, mais simples!
    E viva la vida!!!

    ResponderExcluir
  3. Simplesmente perfeito perfeito sou sua fã em tudo disse tudo que eu queria dizer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ❤️❤️❤️❤️ Vamos melhorar juntas!

      Excluir
  4. Querida Marina, a vida não é fácil e sabemos perfeitamente sobre esse assunto, né? É muito difícil lidar com "nossos problemas" e na maioria das vezes dá vontade de gritar e sair correndo. Imagino como se sente e torço para toda essa tempestade um dia melhore. Tb adoro escrever e assim acho que espantamos alguns males e libertamos algumas palavras engasgadas. Acabei de escrever no meu blog e agradeci por vc ter criado um grupo tão especial do qual fazemos parte e nos ajudamos mutuamente. Vc é muito especial e espero mesmo que essa "chuva" passe e venha o sol, mesmo com os altos e baixos que sabemos que sempre irá nos acompanhar. Vc mora no meu coração, viu! Pode contar comigo sempre!

    ResponderExcluir
  5. Tenho depressão e adorei ler seus textos.Vc deve ser uma mulher super especial.Continue escrevendo, os seus textos ajudam muita gente. Hj por causa da depressão estava triste,comecei a procurar textos sobre depressão e amei ter achado esse blog. Queria ser seu amigo, acho q vc ia me ajudar muito. Me add no whats 88 992175038

    ResponderExcluir
  6. Olá Marina, encontrei seu blog hoje meio que por acaso e espero do fundo do meu coração que esteja melhor. Sei que depressão aliada ao diagnóstico de câncer de mama não são fáceis...ambas são doenças terríveis, mas confie minha querida, continue tento essa força que tem tido até agora. Quando puder aparecer, fiquei preocupada da sua última postagem ser à algum tempo. Um grande beijo, estarei seguindo você por aqui...

    Adriane - Curitiba/PR.

    ResponderExcluir
  7. Querida, só sabe de depressão quem passa! Eu já tive três fases difíceis, mas posso te dizer: passa! Td passa! Até o sofrimento. Seja forte, mas se permita momentos de fragilidades... se respeite... é a sua dor. Faço tratamento até hj para viver melhor e aí.. pah! veio o câncer. A vida é assim. Cheia de altos e baixos. Vc vai sair dessa, vai sim... vá ao seu médico (qq coisa recomendo o meu), tome seus remédios, fique com quem te faz bem e fé. Fica com Deus!Beijos!

    ResponderExcluir